icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2014
17:15

Rodrigo Pastana não é mais superintendente de esportes do Figueirense. A decisão tomada em comum acordo foi anunciada pela diretoria alvinegra através do site oficial do clube nesta terça-feira. Agora, o dirigente deverá acertar com o Bahia, que o contatou no início desta temporada para ser diretor de futebol.

E MAIS:
> Argel critica árbitro, mas reconhece: 'Temos bastante trabalho pela frente'
> Chuva de gols! Cruzeiro goleia Figueira e segue mais líder do que nunca
L!TV:
> Tipo Alemanha! Cruzeiro goleia o Figueirense no Mineirão


Pastana chegou ao Figueira em setembro de 2013. Participou do acesso do time catarinense à Série A do Brasileirão e da conquista do estadual neste ano. Contudo, passou a ser pressionado no clube em meio a má campanha apresentada pela equipe no Campeonato Brasileiro e devido a queda na Copa do Brasil.

A situação do cartola também foi agravada devido a desconfiança da torcida alvinegra, que chegou a pedir a saída do ex-superintendente em pichações nas paredes do estádio Orlando Scarpelli. Além disso, Rodrigo Pastana acumulou desafetos no Furacão do Estreito: Vinícius Eutrópio, ex-técnico do Alvinegro, alegou divergências com o dirigente ao ser demitido; Marcos Assunção, então capitão da equipe, chamou o ex-superintendente de 'safado' ao deixar o time; e Rodrigo Passoni, um dos vice-presidentes do clube, afirmou que Pastana estava com excesso de poder.

Confira a nota oficial emitida pelo Figueirense:

"O Figueirense Futebol Clube comunica que em uma reunião na manhã desta terça-feira, foi decidido em comum acordo o desligamento do Superintendente de Esportes Rodrigo Pastana. Pastana participou do acesso para série A em 2013 e da conquista do título estadual de 2014. O Figueirense agradece aos serviços prestados pelo profissional que chegou ao alvinegro no segundo semestre da temporada passada".