icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
02/06/2014
20:01

O zagueiro Rodrigo, que, apesar de ter saído com desconforto no jogo de sábado, vai voltar ao time nesta terça-feira, saiu em defesa do técnico Adilson Batista. Para ele, uma mudança no comando técnico do Vasco seria injusta e equivocada, uma vez que o treinador, segundo ele, está fazendo um bom trabalho.

- Independentemente do resultado de amanhã, acho que seria um erro o Adilson deixar o clube. É um treinador que pegou uma equipe desmanchada, e nós chegamos na final do Carioca, algo que ninguém imaginava. Ele deixou o time redondo, revertemos situações adversas, então acredito que a parada vai ser importante para ele ter o que tinha no início do ano, com jogadores contratados, experientes. Se um machucar um, sobe uma molecada boa. Seria um erro tremendo mandar o Adilson embora - afirmou.

E o capitão do time foi além para defender o comandante. Ele garantiu que os atletas estão "fechados" com o treinador e classificou as críticas ao trabalho do técnico como injustas. Após reunião, especificamente nesta partida, os atletas vão jogar por Adilson, disse Rodrigo.

- Não vamos jogar por nós, vamos jogar pelo Adilson. Ele está sendo criticado, na minha opinião, injustamente. O primeiro que vai para a torcida é o técnico e não os jogadores. Vamos fazer uma partida para ele. Agora, se vai ficar? Se depender de nós, ele não sai. Já conversamos e ele tem todo nosso aval. Quem é dono do vestiário é ele - disse.