icons.title signature.placeholder Bruno Grossi e Daniela Caravaggi
13/06/2014
08:05

O São Paulo está em busca de um novo Lucas. A procura, no entanto, não envolve a contratação de um reforço de peso, mas sim a chance de rechear os cofres com milhões de reais. E o clube já tem candidato: Rodrigo Caio.

Há quase dois anos, o Tricolor acertou a venda de Lucas para o Paris Saint-Germain (FRA) e ficou com cerca de R$ 80 milhões do valor. A quantia turbinou as finanças e permitiu que o balanço financeiro de 2013 fechasse no azul.

A diretoria liderada por Carlos Miguel Aidar sabe que dificilmente receberá quantia tão gorda como a que Juvenal Juvêncio ganhou com Lucas, mas vê com bons olhos a chance de negociar Rodrigo Caio com alguma equipe do exterior.


O jovem de 20 anos voltou valorizado do Torneio de Toulon, na França, após ser campeão e o melhor jogador da competição com a Seleção Brasileira sub-21. As atuações, inclusive, já teriam resultado em propostas estrangeiras.

Na Inglaterra, os jornais compararam Rodrigo a Dunga e Kaká e garantiram que o Arsenal já enviou propostas pelo beque são-paulino, que já teria iniciado processo para ter cidadania europeia.

O LANCE!Net apurou que o atleta já recebeu mais de uma proposta para deixar o Morumbi. Na última segunda-feira, o presidente Aidar admitiu o cenário financeiro complicado de 2014 e, a seus pares, deixou em aberto a possibilidade de negociar algum atleta do elenco.

A venda de Rodrigo Caio – ou de outro jogador valorizado no clube – ajudaria a compensar os altos investimentos feitos no ano. Nomes como Alvaro Pereira, Alexandre Pato e Alan Kardec incharam a folha salarial do São Paulo.

O Tricolor também sofrerá com a falta de patrocínio master. O acordo atual, com a Semp Toshiba, termina após a Copa do Mundo e o clube não tem sucessor em vista.