icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/02/2015
18:21

O São Paulo recebeu nesta quarta-feira mais um reforço para esta temporada. A novidade, desta vez, vem do próprio CT da Barra Funda com a liberação do zagueiro Rodrigo Caio para treinar com o grupo após seis meses. O beque de 21 anos estava fora de combate desde o início de agosto devido a lesão grave no joelho esquerdo.

- Foi uma alegria muito grande poder ouvir, depois de seis meses, que eu estou liberado para fazer o que mais gosto novamente: jogar futebol. E só posso agradecer aos fisioterapeutas do Reffis, que são os melhores do mundo e sempre me incentivaram. Minha família, amigos e companheiros também me apoiaram muito neste período - comemorou o defensor.

A lesão foi sofrida em jogo contra o Criciúma no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2014. O Tricolor acabou empatando em 1 a 1 no Morumbi e ainda lamentou o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo de Rodrigo. Dias depois, o zagueiro foi submetido a cirurgia e só voltou a correr no gramado no início deste ano.

- O pior momento foi quando recebi a notícia da lesão. Foi difícil, porque eu vivia um bom momento. Mas, felizmente, isso já ficou para trás e agora estou de volta. Agora, preciso ter paciência e treinar firme para recuperar o meu espaço. Senti muita falta deste treino com os meus companheiros nestes seis meses, mas estou feliz com esta nova etapa - destacou.

Rodrigo ainda deve demorar de duas a três semanas para voltar a jogar pelo São Paulo. Ainda assim, a recuperação superou as previsões do clube, que o esperava para o fim de março ou início de abril. Nesta quinta-feira, o técnico Muricy Ramalho terá o camisa 3 à disposição pela primeira vez no treino de reapresentação após o clássico desta quarta contra o Santos, na Vila Belmiro.

Pela manhã, também nesta quarta, o zagueiro Dória e o meia Centurión realizaram circuitos para melhorarem a forma física e fizeram trabalhos com bola ao lado do meia Boschilia e do atacante Ademilson, outros que não foram relacionados para o San-São.