icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
12/11/2014
11:26

Com oito gols marcados na sua terceira passagem pelo Santos, Robinho é um dos destaques do atual elenco alvinegro. Emprestado pelo Milan (ITA) até a metade de 2015, o jogador pode deixar a Vila Belmiro ainda em janeiro, caso o time italiano receba uma oferta durante a janela de transferências. Por isso, o gerente de futebol santista, Zinho, pediu para que, após as eleições, no dia 6 de dezembro, a nova diretoria se esforce pela permanência do jogador.

- Nas últimas conversas que eu tive com o Robinho, o desejo dele sempre foi permanecer. Vou sentar com ele de novo, e espero que ele fique. Torço para que as pessoas que vão assumir a gestão do futebol no ano que vem se esforcem nesse sentido. Ele é de fundamental importância no planejamento do próximo ano - disse Zinho.

Recuperado de um edema na coxa esquerda, o camisa 7 treinou na última terça-feira e está liberado para enfrentar o Cruzeiro, no domingo, às 17 horas, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Antes de chegar ao Peixe, o Milan negociou com o Orlando City (EUA), clube que terá Kaká em 2015, mas não chegou a um acerto. Pouco aproveitado na Itália, a vontade dos rossoneros era de vender o jogador, mas aceitaram emprestá-lo ao Santos gratuitamente, deixando de pagar os salários do camisa 7.