icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
10:19

Zé Roberto deixou o ostracismo e o banco de reservas para voltar ao time titular do Grêmio. E o seu retorno tem sido positivo. Foram três jogos, com duas vitórias e um empate. Resultados que passaram pelos pés do camisa 10, que contribuiu com duas assistências, sendo a última para o gol de Vargas, contra a Ponte Preta.

– Estou feliz por poder contribuir com os gols. Triste só pelo resultado de domingo, porque queríamos a vitória e tentamos de todo o jeito, mas o goleiro deles foi bem e a trave também salvou. Não deu, infelizmente. Mas eu sempre disse que treinaria com força mesmo sendo opção, me dedicaria como sempre me dediquei quando titular, para poder colaborar quando a comissão técnica achasse conveniente – disse o jogador, antes de completar:

- Fui chamado para esses jogos e consegui ajudar de alguma maneira, assim como todos os outros jogadores.

O camisa 10, o vice-artilheiro do Grêmio na temporada com 10 gols – Barcos soma 13 – ainda destacou a importância do duelo deste domingo, quando o Tricolor receberá o Goiás, integrante do G4, na Arena. Zé quer casa cheia para o confronto que pode deixar o time muito próximo da Libertadores de 2014.

– A torcida do Grêmio sabe a força que tem. Vai ser um grande jogo. O Goiás cresceu ao longo da competição, mostrou força dentro e fora de casa. Eles têm errado pouco e isso faz toda a diferença em uma competição de pontos corridos. Espero um grande público por tudo o que essa partida representa para nós e por ser o último jogo oficial na Arena em 2013. O domingo promete – concluiu Zé.