icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2013
14:34

Depois de garantir a vaga na final da Copa dos Campeões de Vôlei Feminino, ao vencer a Rússia por 3 sets a 1, em Tóquio, o técnico José Roberto Guimarães aprovou o desempenho da Seleção Brasileira, mas também elogiou algumas atletas russas.

- O que mais gostei do jogo foi o fato do nosso time se ajustar ao longo da partida. Os duelos contra a Rússia são sempre parelhos. Fico impressionado com o talento das jogadoras russas. Sempre aparece um grande número de atletas. A Malykh tem apenas 20 anos e ainda vai dar muito trabalho. A Solokova voltou para equilibrar o passe delas. Hoje, quando pressionamos um pouco mais no saque, elas tiveram dificuldades. Foi ótimo termos vindo nessa competição. Esse jogo com a Rùssia exigiu muito do nosso time. Fiquei contente com a nossa postura - declarou Zé Roberto.

A campeã olímpica Fernanda Garay também ficou satisfeita com a performance da equipe.

- Conseguimos sair de um momento difícil e fizemos uma boa partida. O jogo com a Rússia é cheio de rivalidade e não podemos errar. No primeiro set não colocamos o nosso ritmo e perdemos. Quando passamos a pressionar, o jogo mudou. Sempre é bom ganhar da Rússia - disse a atleta.

Assim como Garay, a ponteira Nathália elogiou o time brasileiro, apontando as melhorias que foram feitas logo depois do primeiro set, que a Rússia venceu por 25 a 18.

- Tirando o primeiro set, fizemos uma boa partida e conseguimos manter uma regularidade o passe e no ataque. Isso nos fez entrar no jogo. Demoramos um pouco para nos acostumarmos com o bloqueio delas. Quando colocamos pressão no saque, elas baixaram a guarda e conseguimos levar o jogo - concluiu.

Neste domingo, o Brasil fará a final da Copa dos Campeões, diante do Japão, a partir das 7h10 (de Brasília).