icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
13:54

Robert Scheidt não foi bem nesta quinta-feira, em Omã, no Campeonato Mundial da classe Laser. Na única regata disputada no dia, já que a outra foi cancelada por conta do clima desfavorável, o velejador brasileiro encerrou apenas na 12ª colocação.

Entretanto, Scheidt contou com um resultado também ruim de seus principais adversários para permanecer na liderança da classificação geral do Mundial. Agora, ele tem 11 pontos de vantagem para o cipriota Pavlos Kontides, que é o vice-líder do campeonato.

O britânico Nick Thompson venceu a regata desta quinta, mas ele ocupa apenas a 15ª posição geral, com 103 pontos perdidos. Scheidt explicou que a escolha pelo lado direito na regata foi decisiva para o desempenho ruim.

- Não foi um grande dia. Tivemos o melhor vento do dia e, no início, estava pensando pela esquerda, mas a escolha pela direita foi decisiva para eu não ter um bom rendimento - disse o brasileiro, que viu Thompson escolher a esquerda e vencer.

A regata desta quinta-feira foi a primeira da fase final do Mundial. Os competidores poderão descatar o pior resultado das regatas finais. Até aqui, Scheidt tem 27 pontos perdidos.

Já o também brasileiro Bruno Fontes está 12º na classificação geral, com 84 pontos perdidos. Ele foi o 31º na regata desta quinta.