icons.title signature.placeholder Maurício Oliveira e Thiago Salata
13/07/2014
09:00

Se a Alemanha chegou a ter jogadores pedindo desculpas, com todas as letras, depois dos 7 a 1, a Holanda também volta para a Europa com sentimento de pena pelo o que aconteceu com a Seleção Brasileira na hora da decisão. O principal craque holandês, Robben, lamentou a situação ainda em Brasília.

- O Brasil tem um time muito bom. Acredito que no jogo contra a Alemanha tudo deu errado, não desejamos isso para nenhum time. Tem que olhar para o futuro, isso machuca todo povo brasileiro. Perder por 7 a 1 na semifinal tornou o jogo muito difícil para eles contra a gente. Tentaram atacar, fizeram de tudo, deixaram muitos espaços e soubemos usá-los - disse Robben.

Uma das seleções que mais interagiu com o povo brasileiro na Copa do Mundo, a Holanda deixa o país feliz pela experiência. Os holandeses ficaram sediados no Rio de Janeiro e treinaram na Gávea ao longo do torneio.

- Tenho de agradecer todo o povo brasileiro que torceu por nós, sempre sorrindo, sempre alegres, muito entusiasmados, acho que temos novos fãs no Brasil, realmente nos divertimos em todas cidades e estádios em que estivemos. Grande experiência, quero agradecer todo o povo brasileiro pela torcida - afirmou o atacante.

O atacante, que eliminou o Brasil nas quartas de final da Copa de 2010, na África do Sul, reconhece que o último jogo das seleções em 2014 teve um gosto diferente. Nenhuma delas gostaria de disputar o terceiro lugar.

- Acho que hoje foi muito duro para o Brasil, não só para eles, para nós também. Perder a semifinal, estivemos muito perto, podíamos estar na final. Recuperar e estar mentalmente preparado para esse tipo de jogo. Eu lamento por eles porque é um grande time, com grandes jogadores - disse.