icons.title signature.placeholder Igor Siqueira, Rodrigo Cerqueira e Thiago Correia
30/06/2014
13:29

O holandês Robben, protagonista da Holanda na classificação para as quartas de final da Copa do Mundo, voltou a falar sobre os lances polêmicas da partida contra o México, neste domingo. Voltou a admitir que se jogou em um lance no primeiro tempo, mas também garantiu que houve dois pênaltis, sendo apenas um assinalado. O craque mostrou-se surpresa pela proporção que a sua frase tomou.

- É uma pena que tenha sido assim, ser punido pela honestidade. Eu preferi ser honesto. Teve uma falta no primeiro tempo em que caí, foi um ato estúpido meu. Mas foi algo de jogo. Foi uma pena ter falado tanto disso, tivemos uma grande performance, e isso é o principal. Às vezes crescem muito uma coisa. Eu não vou mudar, sou assim, é a minha personalidade. Peço desculpas por um ato estúpico. Mas foram dois pênaltis claros. Acho que tudo já está claro - disse Robben nesta segunda-feira, durante entrevista coletiva, que disse não temer a Fifa por suas declarações:

- Não, não, não, não. Não tenho medo.

Robben respondeu ainda sobre sua condição física. Mesmo aos 30 anos, o jogador tem impressionado por sua velocidade e arrancadas mesmo na reta final das partidas. Garantiu que não existe um programa específico para ele.

- Estou ficando mais velho, e me sinto cada vez melhor. Fisicamente estou muito bom. Não mudei nada na preparação. Esta pergunta já até foi feita antes da Copa. Estou em forma, estou no nível físico para uma Copa do Mundo e estou aproveitando a Copa do Mundo.