icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/06/2014
19:26

Quatro anos depois de ser um dos vilões da Holanda na derrota para a Espanha por 1 a 0, na final do Mundial-2010, o meia-atacante Robben concretizou a revanche sobre os ibéricos com dois gols no massacre por 5 a 1, na estreia da Laranja na Copa do Mundo-2014. O craque se mostrou feliz, mas buscou conter o entusiasmo

- Não podemos ficar falando muito. Não quero falar sobre o quão longe poderemos chegar. Todos estão felizes, mas estamos apenas no início. Devemos ser frios e realistas. Precisamos deste resultado para dar um gás e trabalhar ainda mais.- disse o atacante.

Robben procurou dividir os louros da história goleada com os jovens do elenco da Laranja Mecânica.

- Muito orgulhoso de nossos jovens. Eles foram muito bem. A maioria não tinha experiência internacional - disse o artilheiro da Copa do Mundo ao lado de Van Persie e Neymar.

A Holanda está no Grupo B da Copa do Mundo ao lado de Espanha, Chile e Austrália.