icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
15:52

A parada da Superliga Masculina para que as seleções disputem a Copa dos Campeões, no Japão, vem em bom momento para todo o elenco do Vôlei Brasil Kirin. Depois de perder três jogos para o Sesi-SP num curto intervalo de tempo, sendo dois na final do Paulista e um pela Superliga, o time deu sinais de cansaço e perda de confiança. São esses problemas que o técnico Alexandre Rivetti quer recuperar no próximo mês.

- Essa parada será importante para colocar o time em ordem. Será um período para retomar o trabalho e recuperar o desgaste físico e psicológico de alguns jogadores. Agora é focar no jogo contra o RJX e tentar não perder os primeiros colocados de vista - afirmou o técnico Alexandre Rivetti.

O central Gustavão, que deixou o duelo do último sábado como maior pontuador do time de Campians, com 10 acertos, também vê o desgaste como um dos responsáveis pela queda de rendimento. No início da temporada, o Vôlei Brasil Kirin conseguiu uma invencibilidade de 10 jogos e passou a ser visto como o terror dos adversários.

- Três jogos com eles em sequência foi um pouco desgastante. Agora é treinar muito nesse período sem jogos para voltar melhor - resumiu o jogador.

A equipe só volta a jogar no dia 30 de novembro, às 21h30, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, pela sétima rodada.