icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
15:03

O paraguaio Cristian Riveros está, enfim, regularizado para estrear com a camisa do Grêmio. O nome do volante foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF e o jogador já pode ser utilizado por Renato Gaúcho no confronto com o Criciúma, às 18h30 de sábado, no Heriberto Hulse, já que o Tricolor não conta com os titulares Adriano e Souza.

A situação já começava a preocupar a direção gremista, que ainda esperava que a Federação Turca finalizasse a transação no Trade Matching System (TMS) da Fifa. A demora para que os turcos fechassem a negociação estava irritando os dirigentes gremistas, que não entendiam o motivo da demora. Os gaúchos chegaram a mandar o empresário do atleta para a Turquia para a assinatura da rescisão de contrato com o Kayserispor e consequente liberação de Riveros.

Riveros foi contratado ainda antes da parada do Campeonato Brasileiro - foi apresentado na véspera do jogo com o São Paulo. Depois, passou a treinar no clube, à espera da janela de transferências internacionais. O Tricolor precisou assinar a rescisão contratual e pressionar os turcos para ter o contrato de dois anos confirmado.

O paraguaio agora está liberado para atuar com a camisa gremista. O meio-campista deve ser utilizado por Renato na primeira função do losango no meio, com Matheus Biteco atuando pelo lado direito. Há ainda a opção de o treinador recuar Elano e colocar o uruguaio Maxi Rodríguez na função mais avançada.

O paraguaio Cristian Riveros está, enfim, regularizado para estrear com a camisa do Grêmio. O nome do volante foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF e o jogador já pode ser utilizado por Renato Gaúcho no confronto com o Criciúma, às 18h30 de sábado, no Heriberto Hulse, já que o Tricolor não conta com os titulares Adriano e Souza.

A situação já começava a preocupar a direção gremista, que ainda esperava que a Federação Turca finalizasse a transação no Trade Matching System (TMS) da Fifa. A demora para que os turcos fechassem a negociação estava irritando os dirigentes gremistas, que não entendiam o motivo da demora. Os gaúchos chegaram a mandar o empresário do atleta para a Turquia para a assinatura da rescisão de contrato com o Kayserispor e consequente liberação de Riveros.

Riveros foi contratado ainda antes da parada do Campeonato Brasileiro - foi apresentado na véspera do jogo com o São Paulo. Depois, passou a treinar no clube, à espera da janela de transferências internacionais. O Tricolor precisou assinar a rescisão contratual e pressionar os turcos para ter o contrato de dois anos confirmado.

O paraguaio agora está liberado para atuar com a camisa gremista. O meio-campista deve ser utilizado por Renato na primeira função do losango no meio, com Matheus Biteco atuando pelo lado direito. Há ainda a opção de o treinador recuar Elano e colocar o uruguaio Maxi Rodríguez na função mais avançada.