icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
18/06/2014
20:00

O que parecia um sonho virou um pesadelo doloroso para o Orlando City. Rival do São Paulo no amistoso marcado para esta sexta-feira, o clube participava da US Open Cup, espécie de Copa do Brasil dos estados Unidos, com o time profissional e uma equipe sub-23, mas viu ambos serem eliminados na noite de terça-feira pela quarta fase da competição.

Os profissionais sofreram goleada para o Colorado Rapids por 5 a 2. O zagueiro Luke Boden e o meia Adama Mbenge fizeram os gols do time da Flórida, enquanto os meias Dillon Power e Nick LaBrocca e o atacante Deshorn Brown, três vezes, marcaram para os donos da casa. Já os garotos do sub-23, que vinham de campanha surpreendente, caíram por 3 a 0 para o Portland Timbers.

A eliminação dupla abala o ótimo momento vivido pelo Orlando City no ano. Além de fazer campanha arrasadora na United Soccer Leagues (USL), torneio em que lidera com 36 pontos contra 27 do segundo colocado, o clube conseguiu vaga na Major League Soccer (MLS) e apresentará projeto de seu estádio próprio.

As partidas da última terça-feira foram acompanhadas pelo técnico Muricy Ramalho, que já passa detalhes para a comissão técnica e elenco do São Paulo. O amistoso entre as equipes está marcado para as 21h (de Brasília) desta sexta-feira para o complexo ESPN, localizado na Disney. Na cidade, a notícia de que o Tricolor está no local ainda se espalha devagar, mas deve ganhar a atenção de brasileiros e americanos rapidamente.

Os treinos são-paulinos têm recebido cada vez mais torcedores, mesmo sendo realizados às 9h30 da manhã e em hotel afastado de pontos turísticos ou do centro de Orlando. Em um dos shoppings da cidade, uma loja volta exclusivamente ao futebol, e que tem um brasileiro como gerente, colou um cartaz na fachada com uma foto de Alexandre Pato e entrega panfletos do jogo aos clientes.