icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
17/02/2015
17:36

Cresce o risco de o volante Alison ter de passar por sua terceira cirurgia no joelho direito. O jogador, que sofreu uma torção no clássico contra o São Paulo, segue com muito inchaço no local, a ponto de não conseguir nem mesmo ser submetido a exames. A expectativa do departamento médico do Peixe é de que até o fim desta semana, quase dez dias após a lesão, ele realize uma ressonância magnética.

O volante tem feito compressas de gelo no joelho e, nesta terça-feira, voltou a se manifestar por meio de sua conta no Instagram:

"Os piores momentos que testam sua fé podem ser os melhores momentos para renová-la e colocá-la em prática", escreveu.

Se tiver de ser operado, Alison deve ficar de seis a oito meses afastado dos gramados. No entanto, o Santos evita fazer qualquer prognóstico antes dos exames. O jogador de 21 anos sofreu sua primeira grave lesão no joelho direito em sua estreia como profissional, em setembro de 2011, quando rompeu os ligamentos no primeiro minuto de jogo. Depois de seis meses, quando estava na fase final da sua recuperação e próximo do retorno, ele voltou a machucar o local e teve de ficar mais um tempo longe dos gramados, retornando apenas em 2013.

Sábado, o técnico Enderson Moreira já sinalizou que o problema do camisa 5 poderia ser mais grave:

- Tive uma conversa com ele sobre isso, porque ele é um jogador com duas cirurgias no joelho, tem a possibilidade de ser um problema mais sério e é claro que ele sente muito, está preocupado. Deus queira que não seja nada grave, seja algo mais tranquilo - comentou.

Para o lugar de Alison, o treinador conta com os jovens Lucas Otávio e Leandrinho, além do recém-contratado Valencia, que ainda não estreou neste ano, mas já deve estar à disposição para o duelo de domingo, contra a Portuguesa.

No fim do ano passado, o Santos vendeu os 70% dos direitos econômicos que detinha de Alison para o banco BMG e o empresário Giuliano Bertolucci. Pressionado por investidores para liberar o jogador, o Peixe recebeu uma proposta do Internacional no início desta temporada, mas conseguiu convencer o Menino da Vila a permanecer no clube.