icons.title signature.placeholder Marcelo Resende
15/07/2014
19:09

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) divulgou nesta terça-feira que a cidade do Rio de Janeiro ganhará mais 15 mil novos quartos de hotéis até os Jogos Olímpicos de 2016. Destes, 10,5 mil serão na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Para a Copa do Mundo, o Rio ofereceu 35 mil quartos, maioria na Zona Sul e no Centro.

Segundo Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ, os novos quartos na Barra são para desafogar a rede hoteleira da Zona Sul. Lopes declarou que, na Rio-2016, os quartos serão negociados por valores entre 178 e 550 dólares, conforme acordo selado entre o Comitê Organizador dos Jogos e os hotéis. A ABIH-RJ atuou como mediadora entre hotéis e Comitê.

Na Copa do Mundo, o Rio de Janeiro teve média de ocupação da rede hoteleira em 93,8%, chegando a 97,8% na final. Por categoria, os hotéis cinco estrelas foram os mais demandados, com uma ocupação de 98,15%, indo até 99,75% na final. Já nos três e quatro estrelas, a média geral ficou em 93,22%, com ápice de 97,42% na decisão do Mundial.

Os bairros com maior ocupação foram Ipanema e Leblon (94,7%), Copacabana e Leme (93,3%) e Barra e São Conrado (91%). Segundo a RioTur, o Rio de Janeiro recebeu 880 mil turistas na Copa, entre estrangeiros e nacionais.