icons.title signature.placeholder Carlos Eduardo Brandão
25/11/2014
12:02

O Vitória viaja até Manaus para enfrentar o Flamengo, no sábado, às 21h, na Arena Amazônia. Para o rubro-negro baiano, um triunfo é essencial pra continuar respirando na luta contra o rebaixamento, já que é o primeiro da zona de degola com 38 pontos, um a menos do que o Palmeiras, com 39.  Nesse momento, o Verdáo tem 28% de risco de cair. Já o Vitória tem 64% de risco.


E MAIS:

>> Vitória enfrenta Internacional pelo título da Copa do Brasil sub-20
>> Luxa confirma Flamengo com força máxima na reta final: 'Avaliar alguns'
>> Matador! Fred alcança Müller e se torna o camisa 9 da Copa com mais gols após o Mundial



Só que  o volante Richarlyson, capitão do time do Vitória, não quer fazer contas.

- Acho que a matemática só atrapalha a gente. Temos de fazer o nosso trabalho. Vencer fora de casa. Encarar o Flamengo como decisão. Não adianta ficar fazendo conta. Contra o Figueirense era um jogo que precisávamos vencer. Vamos para o jogo contra o Flamengo para deixar o Vitória na Série A, disse o jogador após a derrota para o Figueirense.

Richarlyson não quer saber de matemática nesta reta final de Brasileiro (Divulgação)

Estrela solitária nordestina?

Com ares de tragédia para os torcedores do Vitória e também para o Bahia (este com 99% de risco de rebaixamento após a derrota para o Atlético-PR) , o Campeonato Brasileiro pode ter apenas um representante nordestino em 2015.  Afinal,  apenas o Sport está garantido na elite do Brasileirão. Na Série B, o Ceará - único nordestino com chance de acesso - precisa de uma combinação de resultados tão difícil quanto a da dupla Ba-Vi para subir.