icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
11:07

Conciliar Campeonato Gaúcho e Copa Libertadores é o grande desafio do Grêmio neste início de temporada. Serão seis jogos nos próximos 15 dias: os últimos quatro da primeira fase do Gauchão e dois pela competição sul-americana. Uma maratona que chama a atenção dos jogadores, assim como destacou o zagueiro Rhodolfo. Como vencê-la? Apostar na qualidade do plantel tricolor.

– É uma sequência desgastante, mas temos um grupo qualificado para suprir as carências se necessário – destacou o zagueiro, em entrevista coletiva.

O primeiro jogo da sequência será nesta quarta, diante do Cruzeiro-RS, pelo Gauchão. Já diante do São Luiz, em Ijuí, na sexta, os titulares serão preservados. Fazer um rodízio entre os jogadores é a solução encontrada pelo técnico Enderson Moreira. E Rhodolfo aprova.

– Concordo, até para dar chance a outros jogadores. Isso é bom para o cara mostrar o futebol. Tem muitos jogadores de qualidade que não estão jogando e podem render – completou o defensor.

Os titulares deverão voltar à ação diante do Passo Fundo, no domingo, projetando o duelo da próxima quinta, dia 13, contra o Newell's Old Boys, pela Libertadores. Já contra o Pelotas, três dias depois, o time alternativa deverá atuar, pois o Tricolor será visitante contra o time argentino no dia 19, novamente pela competição sul-americana.

O Grêmio lidera Grupo B do Gauchão com 21 pontos, assim como é o primeiro colocado da Grupo 6 da Libertadores com seis após dois jogos disputados. Caso vença o Cruzeiro, o Tricolor garantirá classificação às quartas de final do Estadual. Já um triunfo no primeiro jogo contra o Newell's deixará o time muito próximo das oitavas da Libertadores.