icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/03/2014
09:33

A sequência de jogos que o Grêmio está envolvida requer cuidados diferenciados. Quem garante é Rhodolfo, que está inserido dentro do elenco que disputa Libertadores e Gauchão. O zagueiro pediu que os companheiros se cuidem também fora de campo nestas semanas para que possam aguentar a maratona de jogos decisivos e manter o nível alto do Tricolor.

Já foram dois jogos decisivos pelo Gauchão. No domingo, há o primeiro jogo da final. Após o Gre-Nal, concentração. E viagem no final da madrugada de segunda-feira. O rumo é a Colômbia, onde o Tricolor enfrenta o Atlético Nacional, na quarta. Serão quatro jogos em uma sequência forte até a folga no fim de semana dos dias 5 e 6, que está preenchido com festividades de reabertura do Beira-Rio - e por isso, de folga para os tricolores. Depois, o Grêmio volta a jogar dia 10, contra o Nacional, na Arena. E dia 13, na decisão do Estadual.

- É até difícil par aa gente treinar, tem mais que jogar e se recuperar. Jogamos domingo e concentramos no mesmo dia. Jogamos na Colômbia e chegamos na sexta. É cansativo, mas estamos nos cuidando ao máximo. A comissão tem o cuidado e nós jogadores também temos que ter, temos que nos cuidar fora do clube, senão não aguenta esta maratona. São poucos jogadores se machucando e isso é bom. Temos só finais agora pela frente - declarou o zagueiro.

O Gre-Nal deste domingo inicia a decisão. A ideia gremista é conseguir uma vantagem jogando em casa. O defensor elogia o Inter, mas afirma que os colorados também precisarão se preocupar com a qualidade gremista.

- Eles têm um time bom sim, não tem como não ver estamos sempre vendo os jogos do Gauchão. Eles têm um bom elenco, aplicaram algumas goleadas. Temos que respeitar a equipe deles, como eles vão respeitar a nossa - disse Rhodolfo.

O Tricolor deve ter o mesmo time pela quarta vez consecutiva. O elenco volta aos treinos na tarde desta sexta, no Olímpico, e na manhã de sábado, na Arena.