icons.title signature.placeholder Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Matheus Babo
03/07/2013
12:03


Um dos pontos fortes do Fluminense desde 2010 é a manutenção do elenco e a força do grupo montado a partir daquele ano. Mesmo sem o trio Diego Cavalieri, Jean e Fred, que estava à disposição da Seleção Brasileira, o Flu quase conseguiu ficar na liderança do Brasileirão antes da pausa para a Copa das Confederações, fato exaltado pelo atacante Rhayner.

- A grande força do Fluminense é o elenco. Independente de estar com Fred, Cavalieri e Jean, o nosso grupo é forte. Tivemos sem eles em alguns jogos e fizemos grandes partidas. Temos peças de reposição muito parecidas. Quando o Fred não joga, o Sobis entra e vai bem. Todos que são chamados entram e dão conta do recado - explicou o atacante.

E MAIS
Presidente do Fluminense garante: 'A chance do Fred sair não existe'
Com problemas financeiros, reforços não estão em pauta no Fluminense
Jogadores do Fluminense estão ansiosos com o retorno ao Maracanã

Mesmo com um grupo forte, existem jogadores que se destacam no clube. E se tem alguém que é unanimidade dentro do Fluminense é o atacante Fred, que foi muito elogiado por Rhayner devido às atuações na Seleção Brasileira.

Rhayner exaltou a força do grupo tricolor (Foto: Bruno de Lima/LANCE!Press)

- Faz sempre a diferença para nós. Com ele em campo ou não, nós vamos buscar a vitória, mas ele impõe muito respeito. O Fred foi o Fred, aquilo que ele faz aqui no clube, ele mostrou na Seleção e foi fundamental - exaltou o camisa 22.

Sob a saída de Thiago Neves, o atacante preferiu novamente falar sobre a qualidade do elenco. Para ele, as ausências do camisa 10 e de Deco ao longo do ano mostraram que o Fluminense tem jogadores que podem substituí-los à altura.

- Acho que nós temos peças para reposição. Mostramos isso com a ausência do Deco e do próprio Thiago Neves ao longo do ano. Como eu vinha dizendo, o grupo é forte e isso vem fazendo a diferença - concluiu.


Um dos pontos fortes do Fluminense desde 2010 é a manutenção do elenco e a força do grupo montado a partir daquele ano. Mesmo sem o trio Diego Cavalieri, Jean e Fred, que estava à disposição da Seleção Brasileira, o Flu quase conseguiu ficar na liderança do Brasileirão antes da pausa para a Copa das Confederações, fato exaltado pelo atacante Rhayner.

- A grande força do Fluminense é o elenco. Independente de estar com Fred, Cavalieri e Jean, o nosso grupo é forte. Tivemos sem eles em alguns jogos e fizemos grandes partidas. Temos peças de reposição muito parecidas. Quando o Fred não joga, o Sobis entra e vai bem. Todos que são chamados entram e dão conta do recado - explicou o atacante.

E MAIS
Presidente do Fluminense garante: 'A chance do Fred sair não existe'
Com problemas financeiros, reforços não estão em pauta no Fluminense
Jogadores do Fluminense estão ansiosos com o retorno ao Maracanã

Mesmo com um grupo forte, existem jogadores que se destacam no clube. E se tem alguém que é unanimidade dentro do Fluminense é o atacante Fred, que foi muito elogiado por Rhayner devido às atuações na Seleção Brasileira.

Rhayner exaltou a força do grupo tricolor (Foto: Bruno de Lima/LANCE!Press)

- Faz sempre a diferença para nós. Com ele em campo ou não, nós vamos buscar a vitória, mas ele impõe muito respeito. O Fred foi o Fred, aquilo que ele faz aqui no clube, ele mostrou na Seleção e foi fundamental - exaltou o camisa 22.

Sob a saída de Thiago Neves, o atacante preferiu novamente falar sobre a qualidade do elenco. Para ele, as ausências do camisa 10 e de Deco ao longo do ano mostraram que o Fluminense tem jogadores que podem substituí-los à altura.

- Acho que nós temos peças para reposição. Mostramos isso com a ausência do Deco e do próprio Thiago Neves ao longo do ano. Como eu vinha dizendo, o grupo é forte e isso vem fazendo a diferença - concluiu.