icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2014
12:51

Prejudicado ao longo do Brasileirão pelas constantes lesões do elenco, o Bahia foi um dos times mais beneficiados com a intertemporada. O período de recesso deu aos lesionados chances de se recuperar a tempo de voltar a jogar o Brasileirão, como é o caso de Rhayner.

Recuperado de uma lesão na região lombar, que deixou-o afastado das últimas rodadas do Brasileiro, Rhayner fez nessa semana seu primeiro treino com bola no Fazendão. O atacante admite que sentiu falta da bola, mas reconhece o bom trabalho feito pelo departamento médico.

- Estou voltando a treinar com bola hoje. Fiquei muito tempo parado. Fiquei duas semanas treinando somente a parte física. A saudade de jogar e voltar a treinar com bola estava grande. A comissão técnica decidiu dar uma maneirada. Se dependesse da minha ansiedade, podia prejudicar de alguma maneira - afirma o atacante, que garante estar pronto para jogar no retorno do Brasileirão, quando o Bahia enfrenta o São Paulo.

- Amanhã eu estaria pronto se tivesse jogo. Essa preparação que fiz, falta só a parte tática. A gente desacostuma. Até dia 16, estarei apto para o jogo.

Rhayner também revelou seu lado conselheiro, ao ajudar o companheiro Talisca, em negociação com o Benfica, de Portugal.

- Desejo sorte ao Talisca. Fiquei sabendo há poucos dias da negociação. Não sei se já concretizou. Vi ele hoje e falei que se for, é para fazer a mesma coisa que vinha fazendo aqui. Tem um grande futuro pela frente.