icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2014
16:56

O Rexona-Ades jogará de portões fechados contra o São José dos Campos, nesta sexta-feira, às 19h, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, pela segunda rodada da Superliga Feminina. Após reunião do departamento jurídico do clube com o juiz Paulo Estefan, da 4ª Vara Empresarial da capital, a equipe divulgou nota oficial informando que a torcida não poderá comparecer ao evento.

O magistrado deferiu uma liminar na quarta-feira impedindo o ginásio de receber eventos esportivos com portões abertos, em razão da falta de alguns laudos de certificação dentro do prazo. A ordem foi do Ministério Público. O principal é um documento dos Bombeiros.

"Como o departamento jurídico do Tijuca Tênis Clube ainda não conseguiu, até o momento, um parecer final da Justiça sobre a permissão ou não da presença de público em eventos esportivos no ginásio do clube, a decisão foi tomada pelo time carioca, em virtude da proximidade do início da partida, marcado para às 19h”, disse a nota.

O supervisor do Rexona-Ades, Harry Bollmann, se reuniu na tarde de quinta-feira com o presidente do Tijuca, Paulo Maciel, para saber se o problema poderia ser solucionado a tempo. Mas o encontro terminou sem definição. Até o momento, o Tijuca trabalha para entregar dois laudos que ainda restam.

O Tijuca passou a ser a casa oficial do Rexona-Ades nesta temporada. Isso porque o time e a Concessionária Maracanã S.A não chegaram a um acordo financeiro para a realização de algumas partidas da Superliga no Maracanãzinho, como nas edições anteriores, conforme o LANCE!Net revelou no dia 1º de novembro.

A liminar também afetou o Flamengo, que disputa o NBB-7 e jogou com portões fechados na vitória sobre Franca por 82 a 79, na quarta, pela terceira rodada. Assim como o time de vôlei, o Fla depende do Tijuca para receber sua partidas. O ginásio do clube tem capacidade para 2.200 pessoas.

O próximo compromisso do Rexona-Ades em casa será no dia 28/11, diante do Araraquara (SP). Até lá, o time espera que a situação esteja normalizada. O time estreou com vitória sobre o Rio do Sul, no Tijuca, diante de 1.800 torcedores.