icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
08:04

Réver passou por uma cirurgia no tornozelo esquerdo há aproximadamente um mês. A princípio, o retorno do jogador aos gramados ocorreria somente depois da Copa do Mundo. A recuperação, no entanto, supera as expectativas e ele deve iniciar os trabalhos com bola na Cidade do Galo brevemente.

O departamento médico do Atlético-MG evita comentar o caso, mas o próprio zagueiro confirma que há a possibilidade de ele retornar aos gramados em menos de 30 dias.

– A notícia pode ser muito boa, mas não dá para criar uma expectativa tão grande. Não sei se o departamento médico vai concordar com isso, mas está tudo caminhando para que isso se concretize. Ficar fora de jogos como esse não é nada fácil – disse Réver, ao Sportv.

O defensor alvinegro reforça o desejo de atuar, sobretudo na Copa Libertadores, e avalia o tratamento realizado nas dependências do clube alvinegro.

– O tratamento vem sendo muito bem conduzido. Está me dando muita tranquilidade. Estou feliz com o rendimento do tratamento. Quando foi feita a cirurgia, falaram que poderia levar três meses. Após a cirurgia, notícias boas vieram e isso me alegra, porque quero estar com os companheiros – comentou.

A possibilidade de se recuperar ainda em abril faz com que Réver sonhe com uma convocação para a Copa do Mundo. Ele acredita que os próximos meses não serão determinantes para as escolhas de Luiz Felipe Scolari.

– É claro ainda penso na Copa do Mundo, mas sei que a briga está mais difícil por conta da cirurgia. Tenho um mês entre a minha volta e a convocação. Não será o primeiro semestre que definirá a convocação, mas o que fizemos nos meses anteriores – concluiu.