icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/04/2014
19:02

A saída de Marquinhos Pedroso do elenco do Figueirense foi confirmada na manhã deste sábado, pelo próprio jogador. Negociando com o Grêmio durante a última semana, o lateral-esquerdo acertou com o Tricolor gaúcho por um ano e nem viajou com os companheiros para São Paulo, onde o clube irá enfrentar o Bahia, neste domingo, pela segunda rodada do Brasileirão.

Chegando para suprir a ausência de Wendell, que vai deixar a lateral do Grêmio após a Libertadores para jogar no Bayer Leverkussen, o jogador de 20 anos se diz surpreso com a rapidez da negociação.

- Surpreso é claro que ficamos. No futebol sabemos que as coisas são muito rápidas, e comigo não foi diferente. Eu vim de um empréstimo, daí voltei, disputei o Catarinense que é curtíssimo, e aconteceu isso, a proposta e já se concretizou. Estou muito feliz por isso, é o reconhecimento de um trabalho. Eu estava treinando normal, até mesmo ontem (sexta-feira), não sabia de nada, apenas da sondagem, mas sabemos que no futebol é normal - comentou o lateral.

Eleito a revelação jovem do Catarinense 2014, Marquinhos Pedroso afirma estar feliz com o reconhecimento do trabalho, principalmente da posição de lateral-esquerdo, lembrando que o Figueirense já revelou laterais que jogam na seleção, como Filipe Luís, do Atlético de Madrid.

- Estou muito feliz pelo reconhecimento do meu trabalho. É bom saber que tem outras pessoas além daqui nos olhando. Essa posição de lateral-esquerdo, que hoje está muito em falta no mercado, e o Figueirense ter revelado jogadores da posição, até para a seleção brasileira. Eu sabia que essa visibilidade era muito boa. A negociação acabou acontecendo por estar jogando e pela sequência muito boa que tive no Figueirense. Vou para lá para tentar fazer, no mínimo, um pouco melhor do que fiz aqui. Vou trabalhar para melhorar cada vez mais.