icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
15:33

Um dos principais nomes da história do MMA, Georges Saint-Pierre novamente comentou sobre o caso de doping de Anderson Silva que mexeu com o mundo dos esportes. O canadense, que vinha sendo especulado como próximo adversário de Spider, revelou que recebeu o convite para este compromisso, mas negou, por não acreditar que a modalidade esteja livre de substâncias ilegais.

- Ele (Dana White) me perguntou se queria lutar em Montreal contra o Anderson Silva, mas disso acontecer (resultados do doping do brasileiro). Eu recusei e essa luta contra o Anderson. Ela não me interessa nese momento. Depois disso tudo que aconteceu, digo que o esporte ainda tende a melhorar muito e essas comissões estão tentando ajudá-lo nisso. Hoje o MMA não está onde deveria estar - disse o atleta, entrevista ao programa "The MMA Hour".

Afastado das competições desde novembro de 2013, após vencer Johny Hendricks, quando decidiu se retirar do esporte, GSP garantiu que sua ideia é não retornar. Para ele, a questão do controle de doping é uma questão primordial para ele não voltar.

- Depois que fiz essa cirurgia, meu joelho já está quase 100% e já faço movimentos que antes não conseguia. Mas isso não quer dizer que vou voltar a lutar. Mas enquanto o esporte não for limpo, não estou interessado em lutar - completou o ex-campeão dos meio-médios da organização.