icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
29/03/2014
08:43

O foco da reunião do Conselho Deliberativo, que acontecerá na próxima quarta-feira, será uma emenda ao atual estatuto do Vasco visando uma adequação à lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff em outubro do ano passado. A norma é voltada para uma maior transparência na gestão dos clubes e outras entidades esportivas que recebem recursos públicos.

Entre outros pontos abordados, a lei afirma que só pode haver uma única reeleição presidencial e proíbe a eleição de cônjuges e parentes do dirigente até segundo grau.

Assim, essa será o assunto principal de discussão para que a emenda entre em vigor o mais rapidamente possível. Vale ressaltar, porém, que, recentemente, Roberto Dinamite, que está no segundo mandato (2008/2011 - 2011/2014), não descartou se candidatar ao pleito deste ano. No Cruz-Maltino, cada mandato é válido por três anos.

Os clubes e instituições esportivas têm seis meses após a mudança na lei para se adequarem. Até por este motivo, há uma certa urgência nos bastidores de São Januário.

Segundo o LANCE!Net apurou, depois desta reunião, a reforma do estatuto continuará sendo estudada e analisada. Este texto, inclusive, já estaria pronto, mas ainda com alguns pontos a serem discutidos, o que faz com que seja necessário um tempo a mais.

Esta reforma no estatuto vem sendo feita através da consulta de inúmeros conselheiros para que enviem sugestões e ideias. Aliás, uma das principais mudanças seria a implantação da eleição presidencial de forma direta.