icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2013
08:02

As últimas duas semanas foram tensas nos bastidores do Internacional. Dois atos dentro do vestiário instabilizaram o ambiente: a reclamação pública de Willians com Clemer e a discussão no Serra Dourada, após a derrota para o Goiás. O elenco colorado se reuniu para tentar resolver todas as arestas e acabar logo com a "agonia" da proximidade com a zona de rebaixamento.

Os dois episódios demonstra a instabilidade pelo momento colorado. Apenas quatro pontos acima do rebaixamento, com quatro clubes entre o Colorado e o Coritiba, primeiro dentro no Z4.

- Não é o que a gente busca, mas no futebol, se você for ver a história de times até que ganharam, existe esses episódios e acontece essas coisas. Fica à flor da pele quando você ganha. São muitas cabeças pensando coisas diferentes e querendo ajudar da sua maneira. Importante é que o Willians veio aqui e reconheceu o que fez de errado. Terça tivemos uma reunião e demos ponto final no assunto. Pensamos só no Corinthians - garantiu Juan.

A presença dos líderes do elenco, como o camisa 4, é essencial para que o grupo tenha tranquilidade. A partida com o Corinthians, no sábado, às 21h, no Pacaembu, pode garantir a permanência dos gaúchos de vez na primeira divisão. Juan pede cabeça boa aos jogadores e tenta aconselhar os colegas mais jovens.

- Influenciamos sim, pela nossa experiência no futebol. Com certeza tem a capacidade de influenciar, pela experiência no futebol. Tentamos passar tranquildiade nessa hora, precisamos todo mundo ter cabeça boa, sentindo a responsabilidade do jogo, mas sem deixar se influenciar. Viver a decisão que é, mas com a cabeça boa. É o mais importante nesta hora - defendeu o zagueiro.

O Internacional volta a treinar na manhã desta quinta-feira. O problema no vestiário resultou na reserva do volante Willians no treinamento desta quarta. O técnico Clemer optou pela presença de João Afonso com Josimar no meio-campo.