icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
01/07/2014
16:56

Uma proposta da Udinese, da Itália, pode encaminhar a saída do volante Guilherme, que tem contrato com o Corinthians até 2017. O clube italiano está disposto a pagar no mínimo 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 milhões) pelos 30% dos direitos econômicos que o clube brasileiro detém. O restante da porcentagem pertence ao investidor Eduardo Maluf, que admite o contato da Udinese e tem uma reunião marcada com a cúpula corintiana para a próxima quinta-feira, quando o negócio pode esquentar ainda mais.

Guilherme foi contratado pelo Corinthians em agosto de 2012, após se destacar com a camisa da Portuguesa, e permanceu alguns meses como opção no banco de reservas. Após a saída de Paulinho para o Tottenham, o volante de 23 anos de idade assumiu a condição de titular. Em menos de dois anos, Guilherme já entrou em campo 76 vezes e anotou nove gols. A história, no entanto, pode se encerrar nas próximas semanas.

- O Corinthians está aberto a conversar sobre o Guilherme e muita gente procura, isso só mostra o jogador que ele é, o mercado que ele tem. A proposta da Udinese está dentro do clube (Corinthians) e estamos marcando essa reunião para mostrar os valores ao Corinthians e a negociação fluir. Se for uma proposta que satisfaça todos os lados, a decisão será totalmente do jogador, que não é diferente de nenhum outro e tem o sonho de atuar na Europa - disse, ao LANCE!Net, o investidor Eduardo Maluf.


A versão oficial do Corinthians é de que ainda não há proposta oficial. Mas, de fato, há intenção de conversar, e os valores discutidos inicialmente agradam. Nesta temporada, o clube contratou Bruno Henrique (titular na reta final do período pré-pausa do Brasileirão) e Elias, que está regularizado e estreia neste segundo semestre. Em todos os esboços do time titular realizados com todas as opções, Mano Menezes escalou o meio de campo com Ralf, Elias, Petros e Jadson.

De acordo com Maluf, há outro clube italiano interessado em Guilherme, mas ainda não houve apresentação formal de proposta. Para o investidor, ainda, um rival paulista do Corinthians pediu para saber valores e a vontade do jogador. O clube, no entanto, permanece em sigilo.

- Esse outro clube perguntou se ele tem vontade, se tem interesse... Não podemos nunca estar fechados a negócio. O Guilherme está demonstrando seu valor, substituiu o melhor jogador do Brasil (Paulinho), é um cara muito bem educado. Foi preparado na reserva do Paulinho, deu conta do recado e é hora de seguir o caminho dele - explicou o dono de 40% dos direitos.