icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
07:04

O Conselho Deliberativo do Botafogo se reúne na noite desta terça-feira para discutir as obras e mudanças no campo de General Severiano. Muitos conselheiros estão revoltados com o fato da reforma ter começado sem votação. A diretoria, porém, alega que não havia tal necessidade.

O projeto de modificações na sede prevê a substituição do gramado por um complexo de grama sintética. Em entrevista ao LANCE!, o vice-presidente de patrimônio do clube, Ricardo Braga, disse que a polêmica envolvendo o campo é um 'saudosismo'. O dirigente disse ainda que as mudanças têm como objetivo oferecer beneficios aos sócios-proprietários e a criação de uma fonte de receitas ao Alvinegro, com o aluguel do espaço.

Alguns conselheiros consideram também que as modificações vão afastar o futebol do Botafogo de General Severiano. Na última semana, a diretoria enviou uma carta aos sócios-priprietários para explicar mais detalhadamente as obras no campo da sede.

A oposição deve ainda questionar algumas situações que dizem respeito às mudanças recentes no clube. A reunião deve ter uma série de cobranças.