icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
09:52

Na manhã desta quarta-feira está marcada uma reunião entre o governador do Estado do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, e o presidente da Federação de Atletismo local, Carlos Alberto Lancetta, para definir o futuro do Estádio Célio de Barros, no complexo do Maracanã.

- Ficamos felizes com a decisão do governador de manter o Parque Aquático Júlio Delamare, tão importante para a natação nacional. Agora, esperamos que também a importância do Estádio Célio de Barros para o atletismo carioca e brasileiro seja reconhecida, pois estamos muito perto dos Jogos Olímpicos de 2016 - disse José Antonio Martins Fernandes (Toninho), presidente da Confederação Brasileira de Atletismo e da IAAF.

O intuito é fazer com que as atuais instalações sejam reformadas e aproveitadas nos próximos Jogos Olímpicos. Isso beneficiará também a preparação dos atletas brasileiros e diminuirá todos os gastos com o evento.

Na manhã desta quarta-feira está marcada uma reunião entre o governador do Estado do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, e o presidente da Federação de Atletismo local, Carlos Alberto Lancetta, para definir o futuro do Estádio Célio de Barros, no complexo do Maracanã.

- Ficamos felizes com a decisão do governador de manter o Parque Aquático Júlio Delamare, tão importante para a natação nacional. Agora, esperamos que também a importância do Estádio Célio de Barros para o atletismo carioca e brasileiro seja reconhecida, pois estamos muito perto dos Jogos Olímpicos de 2016 - disse José Antonio Martins Fernandes (Toninho), presidente da Confederação Brasileira de Atletismo e da IAAF.

O intuito é fazer com que as atuais instalações sejam reformadas e aproveitadas nos próximos Jogos Olímpicos. Isso beneficiará também a preparação dos atletas brasileiros e diminuirá todos os gastos com o evento.