icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
11:02

Para o jogo desta terça-feira, contra o Brasil, a Alemanha tentará se inspirar não apenas no uniforme do Flamengo, mas também no histórico rubro-negro contra a Seleção. Foram dois amistosos entre a equipe carioca e o selecionado brasileiro, com duas vitórias para o clube mais popular do Brasil. Além da ação de marketing que "veste" os alemães nesta Copa, a sorte rubro-negra contra os anfitriões viria a calhar.

O primeiro revés da Seleção para o Mais Querido foi em 11 de maio de 1958, pouco antes da viagem para a Suécia, onde o Brasil ganharia o primeiro título mundial. Mesmo desfalcado de Zagallo, Moacyr, Joel e Dida, que integravam o grupo da Seleção, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, gol de Manuelzinho.

A segunda partida foi em 1976, em homenagem ao meia rubro-negro Geraldo, que morreu no mesmo ano durante cirurgia para retirada das amígdalas, por processo alérgico à anestesia. O jogo, que teve público de 142.404 pessoas, no Maracanã, rendeu uma das fotos favoritas da torcida, com Zico disparando com a bola e o placar do estádio apontando 1 a 0 do Flamengo sobre o Brasil. Os gols do 2 a 0 foram marcados por Paulinho e Luís Paulo.

Esperando que as similaridades estejam apenas no uniforme, a Seleção Brasileira encara a 'Flalemanha' às 17h desta terça-feira, no Mineirão, pelas semifinais da Copa do Mundo, com transmissão em tempo real do LANCE!Net. O vencedor terá pela frente Argentina ou Holanda na decisão do Mundial, no Rio de Janeiro.


Alemães jogaram de rubro-negro no 1 a 0 sobre os EUA (Foto: Nelson Almeida/AFP)