icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2013
20:03

Valdivia voltou ao time do Palmeiras após quase quatro meses parado e brilhou na goleada por 4 a 0 sobre o Oeste, neste sábado, em Presidente Prudente. E os números comprovam a participação decisiva do Mago no confronto.

Isso porque foi ele o jogador do meio de campo do time que menos teve a bola no pé durante o duelo, com um minuto e 42 segundos. Além disso, foi quem menos acertou passes no setor, com 27, e o que mais errou, com quatro. Mas compensou isso com as jogadas decisivas para três dos quatro gols do Verdão.

Quem se destacou nesses quesitos na equipe foi Wesley. Criticado por soltar pouco a bola, de fato foi ele o jogador do time quem mais a carregou, durante três minutos e 40 segundos. Porém, foi o maior passador da equipe, com 80 acertos e só quatro erros.

Já os outros dois do meio de campo também tiveram ótimo aproveitamento nos passes. Charles, que teve a bola por dois minutos e 19 segundos, acertou 57 e errou apenas dois. Já Márcio Araújo, com posse de dois minutos e 31 segundos, teve 60 acertos e somente dois erros.

Os reflexos da boa atuação do meio de campo foram a goleada por 4 a 0 e o grande número de chances criadas, além da posse de bola muito maior: 65%, contra 35% do Oeste.

Palmeiras goleia o Oeste com ajuda de Valdivia

Valdivia voltou ao time do Palmeiras após quase quatro meses parado e brilhou na goleada por 4 a 0 sobre o Oeste, neste sábado, em Presidente Prudente. E os números comprovam a participação decisiva do Mago no confronto.

Isso porque foi ele o jogador do meio de campo do time que menos teve a bola no pé durante o duelo, com um minuto e 42 segundos. Além disso, foi quem menos acertou passes no setor, com 27, e o que mais errou, com quatro. Mas compensou isso com as jogadas decisivas para três dos quatro gols do Verdão.

Quem se destacou nesses quesitos na equipe foi Wesley. Criticado por soltar pouco a bola, de fato foi ele o jogador do time quem mais a carregou, durante três minutos e 40 segundos. Porém, foi o maior passador da equipe, com 80 acertos e só quatro erros.

Já os outros dois do meio de campo também tiveram ótimo aproveitamento nos passes. Charles, que teve a bola por dois minutos e 19 segundos, acertou 57 e errou apenas dois. Já Márcio Araújo, com posse de dois minutos e 31 segundos, teve 60 acertos e somente dois erros.

Os reflexos da boa atuação do meio de campo foram a goleada por 4 a 0 e o grande número de chances criadas, além da posse de bola muito maior: 65%, contra 35% do Oeste.

Palmeiras goleia o Oeste com ajuda de Valdivia