icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/02/2015
21:08

A folia de Carnaval pegou o Fluminense de jeito e a Quarta-Feira de Cinzas foi de ressaca. Sofendo com os contra-ataques do Volta Redonda, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1, no Raulino de Oliveira e perdeu os 100% de aproveitamento no Carioca.

Tendo como característica principal a velocidade nas pontas, o Fluminense explorou muito as jogadas com Marlone e Lucas Gomes no primeiro tempo. E em boa parte das oportunidades elas deram certo, visto que Fred teve pelo menos duas ótimas chances de abrir o placar, mas acabou as desperdiçando. A superioridade nos primeiros 45 minutos foi clara, mas a bola precisa entrar como vinha acontecendo até agora.



Ciente de que era muito inferior ao adversário, o Volta Redonda, que faz campanha muito boa no Carioca até aqui, foi preciso nas únicas chances que teve. Aos 18 minutos do segundo tempo, em bola enfiada com rara qualidade por Magnum, Hugo ganhou na velocidade de Welington Silva e deslocou Diego Cavalieri com tranquilidade para abrir o placar. Nove minutos mais tarde, mesmo não fazendo boa partida, o Tricolor empatou com Jean em mais uma jogada criada em velocidade pelas pontas, nesse caso a direita de ataque. Mas o tento não foi suficiente.

LEIA MAIS
> Cristovão lamenta primeira derrota: 'Jogaram nos nossos erros'
> ATUAÇÕES: Defesa do Flu não funciona em revés para o Voltaço
> Confira a tabela atualizada do Campeonato Carioca
> Veja em Tempo Real como foi a partida no Raulino



É preocupante a falta de qualidade no meio de campo do Fluminense e a lentidão na zaga. Se ambos os problemas não forem resolvidos o Tricolor vai passar muitas dificuldades diante dos times grandes. É claro que para a classificação o jogo desta quarta-feira não vai influenciar muito. Cristovão Borges e seus comandados não devem ter problema para se classificar, mas a primeira fase do Carioca serve exatamente de laboratório diante de situações como as apresentadas ontem pelo Voltaço.

João Filipe não pode ser jogador do Fluminense. Assim como não poderia ter sido jogador de Botafogo e São Paulo. A dupla de zaga com Henrique é uma das mais lentas que passaram pelo Tricolor em alguns anos. Prova disso que aos 32 minutos Adeílson foi lançado em velocidade e marcou o segundo do Voltaço. E poderia ter ampliado se não fosse por milagre de Diego Cavalieri no fim.

A folia acabou e a ressaca, pelo menos é o que espera a torcida do Fluminense, também!

FICHA TÉCNICA

VOLTA REDONDA 2 X 1 FLUMINENSE

Local: Raulino de Oliveira - Volta Redonda(RJ)
Data/Hora: 19/2/2015, às 19h(horário de Brasília)
Árbitro: Daniel de Sousa Macedo (RJ)
Auxiliares: Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Gilberto Stina Pereira (RJ)
Gols: Hugo (18’/2ºT), Jean (27’2ºT), Adeílson (32’/2ºT)
Cartões amarelos: Diego Paulista, Edson, Vinícius, Robert, Fred
Cartões vermelhos:
Renda e público: R$ 53.065,00/2.059 pagantes

Volta Redonda: Douglas, Henrique, Renie, Luan e Bruno Barra; Pedro Rosa, Hugo, Magnum (Anderson 48'/2ºT) e Pedro; Diego Paulista (Adeílson - Intervalo) e Niltinho. - Técnico: Marcelo Cabo

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva (Walter 27’/2º T), Henrique, João Filipe e Giovanni; Edson, Jean, Marlone (Vinícius 17’/2º T) e Robert (Kenedy - Intervalo); Lucas Gomes e Fred. Técnico: Cristovão Borges