icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
30/04/2014
20:25

A diretoria do São Paulo havia combinado com os representantes de Alan Kardec que a resposta oficial do atleta para aceitar a proposta salarial do clube seria enviada na manhã desta quarta-feira. O vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro, no entanto, não foi procurado pelo estafe do ex-jogador do Palmeiras até o início da noite e a formalização da contratação de Kardec deve acontecer apenas na manhã desta quinta-feira.

- Não recebemos nada aqui no Morumbi. Nem mesmo falamos com os representantes do atleta. Estamos à espera da resposta que um dos empresários nos trará - afirmou Ataíde, ao LANCE!Net.

Procurado pela reportagem, o empresário e pai do atacante, que também se chama Alan Kardec, confirmou que acabou ultrapassando o prazo combinado com os dirigentes do São Paulo. Já o agente Marcos Casseb, que seria o responsável de levar a resposta à cúpula tricolor, não atendeu às ligações.

- Realmente, tivemos que analisar e decidir mais alguns detalhes, mas já está tudo encaminhado. Amanhã (quinta-feira), se Deus quiser, isso tudo já estará resolvido, mesmo sendo feriado do Dia do Trabalho - declarou Kardec.

Em meio à troca de farpas entre as diretorias de São Paulo e Palmeiras, Alan Kardec ainda não decidiu quando voltará à capital paulista para se apresentar no Tricolor. Segundo o pai do jogador, a cidade de Barra Mansa, localizada no sul do Rio de Janeiro, deve seguir como refúgio durante a turbulência entre os clubes.