icons.title signature.placeholder Walace Borges
05/06/2014
11:17

Com apenas sete remanescentes do vice-campeoanto de 2010, a Holanda teve de se renovar para chegar forte na Copa do Mundo de 2014. E três desses "vovôs" são as esperanças de uma campanha digna que já começa em um grupo difícil, o B, que ainda conta com Espanha, Chile e Austrália. Sneijder (29 anos), Robben (30 anos) e Van Persie (30 anos), os três homens de frente da Laranja Mecânica, que têm a função de fazer gols e passar experiência para o restante do elenco.

Curiosamente, nenhuma das três referências holandesas vem em grande fase. O primeiro caiu nas oitavas de final da Liga dos Campeões e sequer foi campeão turco com o Galatasaray; o segundo até foi campeão alemão com o Bayern de Munique, mas caiu nas semifinais da competição europeia sendo literalmente varrido pelo Real Madrid; o terceiro, capitão da Holanda e camisa 9, teve temporada complicada e sequer colocou o Manchester United entre os quatro primeiros do Campeonato Inglês, o que lhe daria uma vaga na Liga dos Campeões. Não importa o que fizeram por seus clubes, eles formam os "Drie Kroningen" (em português Três Reis) holandês.


Van Persie teve temporada complicada pelo Manchester United (Foto: Damien Meyer/ AFP)

A nova geração holandesa desponta como um time promissor, apesar de não ter nomes conhecidos pelo grande público mundial. Sem Van der Vaart (Hamburgo-HOL) e Kevin Strootman (Roma-ITA), já cortados, e com a possibilidade de Jonathan de Guzmán (Swansea-ING) seguir o mesmo caminho, o técnico Louis Van Gaal vem tendo de promover ainda mais jovens. No amistoso da última quarta-feira contra País de Gales o comandante lançou o time em um 5-2-3 com Cillessen; Janmaat, De Vrij, Vlaar, Indi, Blind; De Jong, Leroy Fer; Sneijder; Robben, Van Persie.

Holanda: ataque forte contra a fama de amarelona

Além dos três já citados, Michel Vorm (Swansea-ING), Nigel de Jong (Milan-ITA), Dirk Kuyt (Fenerbahce-TUR) e Klaas-Jan Huntelaar (Schalke 04-ALE) completam o grupo de veteranos da Copa de 2010. Dentre os garotos, um dos que ainda está no time de reservas, mas pode aparecer como grata surpresa na Copa do Mundo é Jordy Clasie, volante do Feyenoord, da Holanda, e que foi titular no amistoso contra o Equador. Ele, inclusive, deu o lançamento que terminou no belo gol de empate da Laranja Mecânica, marcado por Van Persie.


Jasper Cilessen será titular na Copa do Mundo e vem se destacando no Ajax (HOL) (Foto: Damien Meyer/ AFP)

A Holanda estreia na Copa do Mundo no próximo dia 13, contra a Espanha, às 16h, na Arena Fonte Nova. Vale lembrar que além das duas seleções, que repetirão a final do último Mundial logo no primeiro jogo, Chile e Austrália completam o Grupo B, que é visto como um dos mais fortes da competição.