icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro
26/12/2013
09:00

Ronaldinho, Assis e Alexandre Kalil deixarão a reunião da possível renovação de contrato com o meia-atacante junto ao Atlético-MG para janeiro. Apesar de não haver tanta pressa na questão, os números comprovaram que R10 teve um rendimento muito eficiente em 2013, tendo participado diretamente de gols em 29 oportunidades nos seus 38 jogos.

Dissecando esses números, são 12 assistências para seus companheiros e mais 17 gols. Ao todo foram três passes para gol em bolas paradas (duas de escanteio e uma de falta), além de seis gols de falta e cinco gols de pênalti.

O craque alvinegro ficou dois meses parado, se recuperando de uma lesão na coxa esquerda. Antes da lesão, ele tinha feito as 12 assistências totais da temporada e já havia marcado 13 gols, sendo que ele anotou dois gols contra o Vitória, no seu retorno, além de faltas perfeitas contra o Raja Casablanca e Guangzhou Evergrande, tendo quatro tentos nas últimas três partidas.

Se o Galo terminou o ano mal, R10 não pode reclamar de seu desempenho individual. Provou que ainda tem bola para ajudar a equipe em, pelo menos, um semestre. Porém, para tentar chegar na Seleção, R10 terá de tirar leite de pedra, praticamente, uma vez que não foi convocado nenhuma vez desde abril - no episódio em que chegou atrasado na concentração.

Números parecidos com o R10 do Fla

'Não sou o Ronaldinho do Barcelona, sou o Ronaldinho do Atlético'. Essa frase do craque, ao ser questionado sobre um jogador o Raja que o acusou de jogar só com o nome, representa que R10 está em uma fase diferente. De qualquer forma, o R10 do Galo se assemelha já ao R10 do Fla. Não em conquista de títulos e relacionamento com as partes importantes do clube, mas nos números.

Nos tempos de Gávea, Ronaldinho jogou 72 jogos e fez 28 gols. Já no Atlético-MG, a média é menor, mas foram 70 jogos totais e 26 gols totais. Além disso, no Atlético, ele conseguiu fazer algo inédito: marcar três gols de falta em três jogos em sequência. Se o corpo não é o mesmo do Barcelona, a perna direita continua mágica.