icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2014
16:16

Amargando o banco de reservas e com contrato até a metade do ano que vem, Rafael Sobis vive dias de indefinição no Fluminense. O empresário do jogador, Jorge Machado, espera que a diretoria tricolor se posicione até dezembro e, dependendo de uma reunião na próxima semana, já poderá começar a buscar um novo clube.

- É óbvio que quando o contrato está para terminar existe a procura, por ser representante dele. Semana passada liguei para o Paulo Angioni (diretor de futebol) e para o Mário (Bittencourt, vice de futebol) e ficou combinado para eu ir ao Rio de Janeiro na semana que vem para acertar a permanência ou não do Rafael. Ele tem um carinho pelo Fluminense, mas precisamos ouvir o lado do clube para dar seguimento na renovação ou não. Não havendo o interesse, queremos uma solução imediata para que ele procure seu caminho. Vamos pedir para que se defina até dezembro e, caso não haja o interesse, escolheremos um caminho para o jogador – afirmou Machado, em entrevista à Rádio Brasil.

Sobis não é o único jogador que vê o futuro nas Laranjeiras ameaçado. Há outros atletas, com os contratos ainda mais próximos do fim, que também estão na estaca zero a respeito das negociações por renovação. É o caso, por exemplo, do zagueiro Gum. Assim como o defensor, o atacante dá preferência ao Tricolor, mas também não descarta outros rumos.

- Eu trato com o Fluminense. Não temo nada. As coisas que eu leio não é o que acontece. Gum ou qualquer outro jogador que não tenha sido renovado não me diz nada. Quero acertar com o pessoal que comanda para saber da intenção ou não da renovação com o Sobis. Ele é um jogador que tem mercado e se não houver a renovação, ele dará seguimento à carreira. Sondagens existem, a preferência sempre foi do Fluminense e continuará sendo assim - disse o empresário de Sobis.