icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/03/2014
08:01

De gringo mais desacreditado do elenco no início deste ano à peça fundamental no esquema de Jayme de Almeida. Até então inesperada por muitos, esta reviravolta tem dado o destaque merecido a Cáceres com a camisa do Flamengo em 2014. E é com a força do paraguaio, mais novo titular incontestável, que o Flamengo encara o Bolívar (BOL) nesta quarta-feira, às 22h, no Maracanã. O duelo, válido pelo Grupo 7 da Libertadores, terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

Diferentemente do argentino Lucas Mugni e do equatoriano Frickson Erazo, contratados principalmente para a disputa da Libertadores, Cáceres iniciou a temporada de 2014 em baixa no elenco rubro-negro. Reserva de Amaral, um dos destaques do time que conquistou a Copa do Brasil de 2013, o paraguaio teve de jogar com o time B nas primeiras rodadas do Campeonato Carioca.

E MAIS
- Flamengo não assina borderôs por retaliação e recebe críticas de conselheiro

DE PRIMA
- Flamengo levará briga com a Ferj até o fim

Após as duas rodadas iniciais, ambas vencidas por 1 a 0 pelo Fla, o volante começou a dar a volta por cima. E, enquanto o time B rubro-negro sofria poucos gols, a equipe principal ficava marcada pelas falhas defensivas. Preocupado justamente com os problemas da defesa titular, o técnico Jayme de Almeida deu a primeira chance a Cáceres logo na estreia do time na Libertadores, diante do León, do México. A partir dali, o paraguaio não saiu mais do time principal.

A perseverança no período em que ficou no banco foi reconhecida recentemente, quando, em entrevista coletiva após o jogo contra o Bonsucesso, o técnico chegou a elogiar o empenho do jogador, mesmo com ele não tendo atuado, pois estava com a seleção paraguaia.

– O Cáceres é o grande exemplo para mim. Entrou contra o León, foi bem e ganhou a vaga. Claro que todo jogador quer ser titular e ele é meu espelho para esta partida – comentou o lateral João Paulo.