icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/03/2014
19:44

Escalado para enfrentar Francisco Trevino no UFC 171, marcado para este sábado, em Dallas (EUA), o brasileiro Renée Forte vai em busca da sua segunda vitória na maior organização de MMA do planeta. Ex-participante da primeira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil, o cearense acumula um cartel de oito vitórias e três derrotas ao longo de sua carreira.

O atleta mostrou-se satisfeito com a preparação realizada no nordeste e fez questão de elogiar os lutadores da região. A caminho de sua primeira luta em 2014, Forte prefere não fazer projeções para o decorrer da temporada e procura progredir no evento dando um passo de cada vez.

- Fiz meus treinamentos em Maceió e Fortaleza. Foram quatro semanas em cada cidade, estou muito bem preparado para essa luta. Vou para vencer. Sempre achei e ainda acho que os futuros campeões do UFC estão no nordeste do Brasil. Já estou habituado com o UFC e minha meta por enquanto é ir crescendo passo a passo, o foco é total na próxima luta - comentou.

Ciente das dificuldades em enfrentar Trevino, que ainda está invicto na carreira (11 vitórias), Renée aposta em seu árduo trabalho de preparação para superar as qualidades do seu oponente.

- Sei que é um adversário difícil. Tem boa base no muay thai, então é preciso ter bastante cuidado com o jogo dele. Acho que o trabalho realizado no meu camp de preparação vai ser um grande diferencial para que eu possa sair vitorioso de mais essa batalha - analisou.

Ambientado com os pesos-leves (até 70kg) após duas lutas no UFC - estreou no novo peso com vitória sobre Terry Etim no UFC on Fuel TV 7 em fevereiro de 2013 - o brasileiro elogiou o alto nível da divisão e se colocou entre os brasileiros que mais se destacam nesta categoria.

- Acredito que a categoria dos leves seja a mais bem disputa de toda a organização. Não tem como destacar apenas um como o melhor, já que existem vários lutadores de qualidade. Acho que estou começando bem a trajetória nesse peso e espero me destacar ainda mais. Não conheço nenhum lutador brasileiro que tenha competido entre os leves, os meio-médios e os médios, quero fazer história - concluiu.

Aos 26 anos, Renée Forte iniciou no MMA profissional em 2006. Depois de emplacar uma sequência de sete vitórias e apenas uma derrota, conquistou o direito de entrar na casa do TUF Brasil 1 ao derrotar na fase eliminatória.Fabio Bolinho. Após a participação do reality show, ganhou a oportunidade de ingressar no UFC contra Serginho Moraes no UFC 153, disputado em outubro de 2012.