icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira
05/02/2015
08:13

Indiscutivelmente, o trio de arbitragem comandado por Rodrigo Nunes de Sá teve uma noite para ser esquecida. Mas mesmo com os dois erros cruciais, anulando gols legítimos do Botafogo, o técnico René Simões rechaçou qualquer tipo de reclamação e preferiu focar no resultado da partida e na atuação dos seus comandados.

- Não quero saber se foi gol ou não, se valia ou não. Não podemos terceirizar a responsabilidade. Tínhamos que manter a posse e esconder a bola - falou o treinador.

Questionado se pediria algum tipo de punição ao trio junto aos que comandam o futebol do Glorioso, René disse que seu foco é no que acontece dentro de campo e que a diretoria "faz o que quiser":

- Não vou ter nenhuma conversa com eles sobre isso (atuação do juiz). Eu tenho que falar com os jogadores. A diretoria faz o que quiser. Tenho que falar do time, que ganhávamos, tínhamos espaço... Assumo a responsabilidade e falo com eles sobre isso. Mas o resto não faz parte do meu trabalho. Sei que trabalho com os jogadores e não podíamos empatar de forma nenhuma.