icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
21:56

Após a derrota para o Cruzeiro no Mineirão lotado neste domingo, o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, lamentou o resultado do Tricolor, que briga por uma vaga na Libertadores de 2014. Por outro lado, o treinador ressaltou que o time evoluiu, pois seus atacantes conseguiram finalizar na partida, coisa que não vinha acontecendo. Para ele, faltou sorte.

- Não é uma coisa normal ficar seis jogos sem marcar, mas o que me deixa tranquilo é que hoje os meus atacantes conseguiram finalizar. Infelizmente o Fábio estava em uma grande tarde e impediu os nossos gols - disse o treinador.

A respeito do Cruzeiro, que poderia sair como campeão da partida, o treinador foi enfático.

- A parte psicológica foi a que eu mais trabalhei com eles. O Cruzeiro já é campeão, seja nessa ou na próxima rodada. Minha equipe jogou "livre leve e solta", sem preocupação com o possível título deles. Jogamos bem, mas não aproveitamos as oportunidades que tivemos. O Cruzeiro fez uma bela partida e aproveitou. Infelizmente hoje não era o nosso dia. - disse Renato.

Quando perguntado sobre a aproximação dos rivais na briga pela Libertadores, o treinador respondeu que o time está vivo na disputa.

- A obrigação do Grêmio é conseguir a vaga para a Libertadores. Nós continuamos em terceiro e estamos vivíssimos no campeonato. Nós temos gordura ainda, embora menor do que antes. Vamos voltar a fazer o nosso dever de casa e continuar lutando. Esse grupo merece essa vaga por tudo o que fez no campeonato. A sorte vai voltar na hora certa - disse o treinador

Cruzeiro vence o Grêmio e faz festa antecipada no Mineirão