icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
23:49

A atuação do árbitro Wágner do Nascimento Magalhães no clássico desta quinta, no Maracanã, causou controvérsias. No fim do jogo, Jean foi expulso após receber o segundo amarelo em decorrência da falta em Everton Costa parando o contra-ataque vascaíno. Sobre a expulsão do volante tricolor, o técnico Renato Gaúcho afirmou que o juiz acertou no lance, mas afirmou que faltou critério na hora de ter o mesmo rigor em falta de Marlon sobre Bruno, ainda no primeiro tempo.

- O Jean perdemos porque ele fez uma falta normal e o adversário quase quebrou a perna do Bruno e ele não fez nada. Cumpriu a regra com o Jean. A pergunta é porque não cumpriu a regra no lance do Bruno? Fazer o que é o futebol. Não vou ficar falando de arbitragem porque sempre estoura no treinador. Ele cumpriu a regra, mas ela tem que valer pros dois lados - reclamou o treinador.

O treinador ainda seguiu na reclamação, mas lembrou que não quer a arbitragem favorável ao Fluminense. Apenas igual para os dois lados. Certo é que o treinador tem um problema certo para o jogo decisivo do próximo domingo, às 16h, no Maracanã. Com a expulsão, Jean não poderá atuar na segunda partida.

- Acho que cada um quer ver seu lado. Os do Fluminense vão sempre querer que o juiz apite do nosso lado, o do Vasco também o deles. O juiz nem sempre agrada a todos. é um clássico, todo mundo quer a vaga na final, Ainda mais Fluminense e Vasco. As duas equipes tiveram situações de gols. Acabou 1 a 1. É um jogo de 180 minutos e sabemos que no domingo vai ser tudo ou nada - completou Renato.

Em jogo tenso, Fluminense e Vasco empatam primeira semifinal