icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
18:54

Após ter abandonado a entrevista coletiva após o jogo com a Ponte Preta, no último domingo, o técnico Renato Gaúcho voltou a viver a rotina de conceder entrevista. Dois dias após o rompante por conta de um profissional que deixou o telefone celular tocando, o comandante do Grêmio pediu desculpas, mas disse que repetiria o ato se fosse atrapalhado novamente e comparou o momento em que se concede entrevista a uma ópera e ao cinema.

O jogo terminou 1 a 1. Renato explicava as mudanças no time e comentava sobre o resultado quando o celular de um profissional tocou. O técnico abandonou o local. Alega que já havia pedido para a pessoa, produtor da EPTV, de Campinas, desligar o telefone, que tocara outras vezes. Mas não foi atendido. Rechaça qualquer nervosismo por conta do resultado.

- Eu estava muito tranquilo, muito calmo. Agora, estou respondendo as perguntas para vocês. Imagina vocês ao vivo, toca o meu telefone, e eu atendo e fico falando. Acho falta de respeito, falta de educação. É o mesmo que atender o telefone dentro do cinema, do teatro, de uma ópera. O telefone tinha tocado duas vezes, tinha pedido para desligar, e na terceira ele atendeu. E eu respondendo as perguntas. Por isso que saí. Já que queriam falar tanto no celular, falem. Saí. E se acontecer de novo, vou sair de novo - destacou o técnico, que concedeu entrevista de 15 minutos.

O treinador aproveitou para pedir desculpas para os outros profissionais que estavam na coletiva. Além disso, afirmou que repetiria o ato novamente, se ocorresse o mesmo.

- Tenho que pedir desculpas para as pessoas que estavam lá. Nem todo mundo teria que pagar o pato por aquela pessoa. Mas se acontecer de novo, vou fazer a mesma coisa. A pessoa tem o dia todo para falar no telefone. Não seria ali para falar. Eu estava tranquilo, imagina se eu acordo com o pé esquerdo - disse, riso no rosto.

O Grêmio volta aos treinamentos na tarde desta quarta-feira, no Olímpico. O Tricolor enfrentará o Goiás, no domingo, às 19h30, na Arena.