icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
16:50

O meia Renato Augusto seguirá como desfalque do Corinthians no duelo diante do Flamengo, neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 8 nem sequer apareceu no campo no treino desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. Em rápido contato com a reportagem do LANCE!Net, o médico do clube, Julio Stancati, descartou sua participação.

- Ele ficará mais alguns dias com a gente. Não volta ainda - disse Stancati.

Renato também deve ficar fora na próxima quarta, dia 30, contra o Nacional-AM, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), pela Copa do Brasil. A tendência é que fique à disposição para a partida contra a Chapecoense, em Chapecó, no próximo domingo, pela terceira rodada do Brasileirão. Neste período, ele alternará trabalhos de fisioterapia com atividades com o grupo.

Na quinta-feira passada, o jogador não conseguiu treinar e foi ao consultório do médico Joaquim Grava para cuidar das dores no joelho. Os exames mostraram que não há lesão, e sim uma inflamação no local. Com isso, o camisa 8 alvinegro fez fisioterapia, foi liberado para treinar na sexta e participou por 20 minutos de um treino coletivo, entre os titulares. No sábado, ele novamente iniciou como titular no treino tático, mas aguentou apenas por 11 minutos e saiu de campo em um carrinho de golfe.

Justamente para evitar que as lesões o atormentassem, o meia começou o ano realizando um trabalho de fisioterapia especial e só fez seu primeiro jogo no dia 16 de fevereiro, no clássico contra o Palmeiras. Depois deste jogo, visivelmente abaixo nas condições físicas, ele foi desfalque nos três duelos seguintes. Depois, enfim, começou a ser utilizado com frequência e terminou o Campeonato Paulista com cinco jogos em sequência, contando o duelo diante do Bahia de Feira, pela Copa do Brasil.

Na temporada passada, o jogador passou por três momentos delicados que o tiraram de mais de 50% dos jogos da equipe no ano: estiramento na coxa esquerda, durante o Paulistão; fratura no rosto, durante o Brasileirão; e uma artroscopia no joelho direito, para cuidar de uma membrana inflamada e parte da cartilagem, na reta final do Brasileirão e antes das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio.

Mano comenta como será enfrentar o ex-clube no Domingo