icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
23/07/2013
12:50

A má fase do São Paulo não ilude nem tranquiliza os jogadores do Corinthians. Apesar do favoritismo no clássico do próximo domingo, no Pacaembu, ninguém aceita que a dificuldade será menor diante de um rival em condições menos favoráveis.

Na manhã desta terça-feira, o meia Renato Augusto deixou claro que não há motivo para soberba e garantiu que a intenção é manter o rival na mesma situação complicada que vive há algumas semanas.

- O momento deles é ruim, mas todo clube passa por momentos assim. Não podemos ajudá-los, temos de pensar na gente, na vitória, nada melhor do que uma vitória no clássico, que sempre muda as coisas. Uma vitória daria mais tranquilidade - afirmou.

E MAIS:
> Sob frio intenso, Corinthians faz treino leve no CT Joaquim Grava
> Ex-zagueiro Paulo Turra começa estágio com Tite no Corinthians
> Timão já levou três vezes mais público do que o São Paulo no Brasileirão

Renato Augusto segue buscando seu espaço no Corinthians (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)

Para o camisa 8 do Timão, a sequência de Majestosos tem dois lados. Será o quinto Corinthians x São Paulo nesta temporada, marcada por três vitórias alvinegras e um empate. Foram dois mata-matas (Paulista e Recopa) e dois triunfos da equipe de Tite.

- Tanto o último quanto esse, é final. O São Paulo precisa de uma vitória e a gente também para subir na tabela e chegar ao G4 - lembrou.

- Estávamos (os jogadores) comentando sobre isso. No Brasil, toda hora tem clássico, isso corta um pouco o encanto da torcida de ficar esperando o clássico, mas é gostoso atuar em jogos assim. Vamos tentar essa vitória - completou.



A má fase do São Paulo não ilude nem tranquiliza os jogadores do Corinthians. Apesar do favoritismo no clássico do próximo domingo, no Pacaembu, ninguém aceita que a dificuldade será menor diante de um rival em condições menos favoráveis.

Na manhã desta terça-feira, o meia Renato Augusto deixou claro que não há motivo para soberba e garantiu que a intenção é manter o rival na mesma situação complicada que vive há algumas semanas.

- O momento deles é ruim, mas todo clube passa por momentos assim. Não podemos ajudá-los, temos de pensar na gente, na vitória, nada melhor do que uma vitória no clássico, que sempre muda as coisas. Uma vitória daria mais tranquilidade - afirmou.

E MAIS:
> Sob frio intenso, Corinthians faz treino leve no CT Joaquim Grava
> Ex-zagueiro Paulo Turra começa estágio com Tite no Corinthians
> Timão já levou três vezes mais público do que o São Paulo no Brasileirão

Renato Augusto segue buscando seu espaço no Corinthians (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)

Para o camisa 8 do Timão, a sequência de Majestosos tem dois lados. Será o quinto Corinthians x São Paulo nesta temporada, marcada por três vitórias alvinegras e um empate. Foram dois mata-matas (Paulista e Recopa) e dois triunfos da equipe de Tite.

- Tanto o último quanto esse, é final. O São Paulo precisa de uma vitória e a gente também para subir na tabela e chegar ao G4 - lembrou.

- Estávamos (os jogadores) comentando sobre isso. No Brasil, toda hora tem clássico, isso corta um pouco o encanto da torcida de ficar esperando o clássico, mas é gostoso atuar em jogos assim. Vamos tentar essa vitória - completou.