icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
11:00

A capital Brasília recebeu um protesto diferente. Diante dos riscos de poluição do Lago Paranoá, remadores e praticantes de stand up paddle, que utilizam o lago, decidiram se manifestar divulgando imagens sem roupas sobre suas pranchas.

O remador Marcelo Bosi de Almeida foi o responsável por iniciar o manifesto, que surgiu no fim do ano passado. Bosi deve começar a vender um calendário com as fotos para auxiliar um projeto de proteção ambiental.

Contaminação em virtude do derramamento de óleo é a principal preocupação em relação ao lago, que também sofre com o despejo de lixo.

Imagens de pessoas nuas sobre a prancha marcam protesto (Foto: Divulgação)