icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
09/02/2015
16:11

Eurico Miranda retornou à presidência do Vasco prometendo voltar a investir nos esportes olímpicos do clube, assim como já fez antes, principalmente no início dos anos 2000, com o projeto olímpico do Vasco. Logo no começo do seu novo mandato, o Eurico trouxe um reforço de peso para o Cruz-Maltino: a remadora Fabiana Beltrame. A campeã mundial em 2011, que foi apresentada nesta segunda-feira, estava no Flamengo e retornou para o Vasco, clube que defendeu de 2005 a 2009. Relembre outros grandes atletas de esportes olímpicos que já vestiram a camisa vascaína.

Gustavo Borges

Considerado um dos maiores atletas da história da natação brasileira, com quatro medalhas olímpicas (duas de prata e duas de bronze), Gustavo Borges defendeu o Vasco de 1998 e 2000 e foi um dos primeiros nomes trazidos para fazer parte do projeto olímpico do clube. Ele disputou os Jogos de Sidney enquanto defendia o Cruz-Maltino. Comandada por Gustavo Borges, a equipe de natação vascaína travou belos duelos com a do Flamengo, comandado por Fernando Scherer, o Xuxa.

Adriana Behar e Shelda

Uma das duplas mais vitoriada do vôlei de praia brasileiro, Adriana Behar e Shelda também chegaram ao Vasco para fazer parte do projeto olímpico do clube. Na época que defendia o Cruz-Maltino, a dupla faturou duas medalhas de prata olímpicas e várias etapas dos circuitos mundial e brasileiro.

Rodrigo Pessoa

Um dos maiores representantes do hipismo brasileiro no mundo, vencendo a maioria dos títulos no cenário mundial, o cavaleiro Rodrigo Pessoa competiu pelo Vasco de 2000 a 2001, participando das Olimpíadas de Sydney pelo clube, quando ganhou uma medalha de bronze com o seu cavalo Baloubet du Rouet.

Robert Scheidt

Com cinco medalhas olímpicas (duas de ouro, duas de prata e uma de bronze, além de 15 vezes campeão mundial mundial de iatismo, Robert Scheidt foi outro grande nome que já competiu com as cores Cruz-Maltina.

Hugo Hoyama

O Vasco também contou na sua equipe de esportes olímpicos com um dos maiores jogadores de tênis de mesa do Brasil: Hugo Hoyama. O atleta possuí 15 medalhas de Jogos Pan-Americanos, sendo 10 delas de ouro.  Hoyama também defendeu o Cruz-Maltino no final da década de 90 e início dos anos 2000.

LEIA MAIS:
> Na apresentação de Fabiana Beltrame, Eurico garante investimento em outras modalidades do Vasco