icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2014
12:42

Neste sábado, Mauricio Shogun completa 12 anos de carreira ao enfrentar Ovince St Preux no UFC de Uberlandia, que acontece no ginásio Sabiázinho. O brasileiro, que já foi campeão do PRIDE e do UFC, busca se reabilitar na maior organização de MMA do mundo e se manter relevante diante da categorias dos meio-pesados. 

Para marcar a data comemorativa, o LANCE!Net separa os 12 momentos mais marcantes da carreira de Shogun no MMA. Confira a lista?

1. Estreia: Em 8 de novembro de 2002, Mauricio Shogun Rua estreou no esporte com o pé direito (literalmente). O curitibano nocauteou Rafael Capoeira no primeiro round em luta realizada pelo Meca.

2. Primeiro revés - Com um cartel de quatro vitórias e uma derrota, Shogun perdeu para Renato Sobral, em setembro de 2003, por finalização via guilhotina.  

3. PRIDE - Mauricio Shogun estreou no histórico evento japonês com um nocaute no japonês Akira Shoji. Começava a li sua trajetória na organização que o consagrou como ídolo do MMA mundial. 

4. Clássico - Depois de bater Quinton Rampage Jackson, Mauricio Shogun venceu Rogério Minotouro naquela que foi uma das lutas mais emocionantes da história do MMA. Triunfo na decisão depois de duelo eletrizante. 

Shogun enfrentou Minotouro em luta histórica (FOTO: Marcelo Alonso)

5. Título - Em agosto de 2005, Shogun entrou para a história ao vencer o GP do extinto PRIDE e conquistar o título do evento. Para alcançar o feito, ele nocauteou Ricardo Arona no primeiro round. 

6. Lesão - Na luta seguinte, uma derrota polêmica. Depois de cair de mau jeito, Rua quebrou o braço e perdeu para Mark Coleman. O americano chegou a bater no brasileiro caído, o que fez Wanderlei Silva, companheiro de treinos de Shogun, invadir o octógono e iniciar uma confusão generalizada. 

Relembre a confusão:

7. Estreia no UFC - Em setembro de 2007, o meio-pesado brasileiro estreou na maior organização de MMA do mundo. Com a compra do PRIDE, ele migrou ao Ultimate e acabou finalizado por Forrest Griffin em sua primeira luta no show. 

8. Derrubando lendas - Nas lutas seguintes, Shogun se recuperou de forma heróica e nocauteou Mark Coleman e Chuk Liddell em sequência. Os resultados lhe renderam uma chance ao cinturão da divisão.  

9. Auge - Em 2009, Mauricio Rua disputou o cinturão dos meio-pesados contra Lyoto Machida em decisão polêmica. O resultado dado pelos juízes foi tão controverso que o presidente do UFC Dana White anunciou que haveria uma revanche logo depois. No tira-teima com o carateca, Shogun entrou para a história como um dos únicos lutadores a conquistarem cinturões do PRIDE e do UFC. O nocaute em Lyoto o consagrou como campeão meio-pesado do UFC. 

Mauricio Shogun acerta soco em Machida na revanche (FOTO: UFC)

10. Queda - Em abril de 2011, em sua primeira defesa de título, Shogun enfrentou a então promessa Jon Jones. O brasileiro perdeu o título nocauteado pelo americano no terceiro round da disputa. 

Jones acerta chute alto no rosto de Mauricio Shogun (FOTO: UFC)

11. Histórico - Em confronto com Dan Henderson, em novembro de 2011, Mauricio Shogun protagonizou com o americano uma das maiores lutas da história do UFC. O duelo de cinco rounds foi vencido por Hendo, mas eternizado por ambos.

Brasileiro enfrentou Dan Henderson em batalha épica (FOTO: UFC)

12. Recuperação - Depois de perder quatro das últimas sete lutas, Shogun quer voltar a brilhar contra St Preux para provar que ainda é um dos melhores lutadores de MMA do mundo.

O UFC de Uberlândia tem na luta principal o duelo entre os meio-pesados Mauricio Shogun e Ovince St Preux. O show, que começa a partir das 22h30 (horário de Brasília), conta ainda com as participações de nomes como Warlley Alves e Caio Magalhães.

Confira as lutas do show
Maurício Shogun x Ovince St. Preux
Warlley Alves x Alan Jouban
Cláudio Hannibal x Leon Edwards
Juliana Lima x Nina Ansaroff
Card preliminar
Diego Rivas x Rodolfo Rubio
Caio Monstro x Trevor Smith
Dhiego Lima x Jorge Oliveira
Leandro Buscapé x Charlie Brenneman
Thomas Almeida x Tim Gorman
Wagnão Silva x Colby Covington