icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
05/11/2014
15:11

O jogo desta quarta-feira entre Santos e Cruzeiro, na Vila Belmiro, decidirá um dos finalistas da Copa do Brasil 2014. Com uma pequena vantagem, devido à vitória por 1 a 0 no confronto de ida, o time celeste buscará repetir o desempenho fora de casa para chegar pela sexta vez à grande final. A Raposa contará com a presença de Samudio entre os relacionados, que poderá retornar ao campo de jogo após dois meses em tratamento no departamento médico.

De volta aos treinos com o grupo nos últimos dias, Samudio se anima com a reta final da temporada e acredita que a classificação para a final dará um estímulo a mais para os oito jogos que restarão, todos com ar de decisão.

- É excelente voltar nesse momento. O time está buscando aquela força extra para vencer os jogos decisivos da temporada, pois todos serão muito difíceis, e é muito bom ter a chance de ajudar. Então, este jogo contra o Santos será crucial. É um adversário que acompanhei enquanto estava fora, tem muita qualidade e conta com jogadores muito velozes. Para mim, será histórico poder disputar uma semifinal com o Cruzeiro e, se Deus quiser, a final - disse o lateral.

Com quase 70 jogos na temporada, o Cruzeiro já vivenciou momentos semelhantes ao que passará na quarta-feira. Samudio recorda de um jogo em especial, o confronto contra a Universidad do Chile, no mês de abril. Na ocasião, o time celeste visitou os chilenos com a obrigação de vencer para continuar vivo na fase de grupos da Libertadores. O lateral paraguaio, que marcou um dos gols daquele triunfo, destacou a garra da equipe naquele dia.

- Foi um dia marcante para a minha carreira, pois foi daqueles jogos decisivos que você não esquece. A gente tinha uma pressão para conseguir o resultado, mas fizemos as coisas com calma e sem perder a confiança. Tivemos uma mobilização muito boa, com todos incentivando quem iria entrar de titular. E com muita garra veio uma grande vitória naquele dia e, para mim, foi especial por ter ajudado com um gol. Agora, contra o Santos, é uma situação semelhante e teremos a oportunidade de repetir aquela atuação. Caso tenha a chance de ajudar o time em algum momento, entrarei com muita vontade para conseguirmos essa classificação importante - revelou.

A partida decisiva contra o Santos acontece na Vila Belmiro, às 22h dessa quarta-feira.