icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
27/11/2014
16:24

Em agosto deste ano, Renan Barão passou por uma experiência inédita em sua carreira, mas de maneira negativa. O brasileiro, que enfrentaria TJ Dillashaw, pelo cinturão dos galos, não teve condições de atuar por passar mal na perda de peso. Porém, para seu próximo compromisso, dia 20 de dezembro, diante de Mitch Gagnon, ele garante que a história será diferente.

Após ser criticado pelo presidente do UFC Dana White, Barão afirmou que para o duelo contra Gagnon, em Barueri, aprendeu a lição com o ocorrido e garantiu que não terá mais problemas na perda de peso. Além disso, valorizou o fato da luta ser no Brasil e esse fato ajudá-lo nessa questão.

- Nunca é fácil bater o peso, mas estou bem, dei uma regrada na alimentação e vai dar tudo certo. Parei de comer besteira. Agora como comida de atleta e dei um tempo na pizza e macarronada (risos). Aprendi bastante para voltar com tudo - disse o potiguar, emendando.

- Sem dúvida é melhor (não precisar viajar para fora do Brasil). Aqui já que estamos acostumados com o clima, alimentação e vai ser bem mais tranquilo para mim, com certeza - completou o ex-campeão dos galos do UFC, em media day realizado na academia Upper, no Rio de Janeiro.